Anúncios

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Ando tão à flor da pele

Ando com tudo tão em voga.
Ando com tudo tão assim, sem saber ao certo como explicar.

As coisas são novas e os inimigos são velhos.
De tudo que sei, percebo ao menos que dela sinto falta, dela...Thamara.

Ando tão assim, ando tão à flor da pele.

Se sinto falta de dizer seu nome? SIM!
Se sinto falta de tocar seu rosto e seu cabelo? SIM!
Se sinto falta de seu abraço e de sua voz? SIM


É ela que me envolve que me agrada e o que me faz. Agora eu sou outro.
Outro que continua sentido falta. Falta tão grande que parece uma cratera
enorme cratera que não cabe descrição nem discrição

Sinto sua falta. Mas não me espere, pois eu não vou estar de volta.


Nenhum comentário: