Anúncios

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Blog

Não quero que o blog fique apenas sendo usado para postar os links das músicas que tenho ouvido várias e várias vezes. Também não quero fazer do Blog um Twitter, tendo em vista que tenho postado coisas bem curtinhas aqui.

Tinha tantos relatos para fazer aqui. As coisas que vi, conheci, testemunhei. Mas não parece que eu esteja com vontade de fazer isso agora. Quero contar mas não estou conseguindo me expressar bem para expor algumas coisas da viagem.

Vamos ver como vão ficar as coisas!

domingo, 27 de novembro de 2011

Dias




Essa definitivamente é a música para agora...
Faltam poucos dias para a partida, em poucos dias as coisas serão diferentes.
Um novo mundo, tudo novo.

"Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero"

E a vida é mesmo assim!

Então...qual é música de hoje? Do final de semana? Ou desse mês?
Ainda vou escolher uma que tenha feito a diferença. Algo que sirva pra ilustrar bem as coisas
ou que simplesmente tenha me feito bem!

Vou ver o que faço !

sábado, 26 de novembro de 2011

hey hey

Não foi o que eu esperava, foi melhor até!
Foi realmente incrível!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sonho

Sonho estranho que tive com o Rudá, Juarez e meu primo!! Acordei rindo!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

vai morrer sem!

Meu anjo do perdão já foi bom mas tá fraco! Culpa dos imundos do espírito opaco!

Tendência

Então, depois de jogar tudo fora. Percebo que alguma coisa começa a mudar.
São as mudanças, não necessariamente boas, mas nem de longe são ruins...são apenas mudanças.

Tudo muda e o que vai ficar aqui provavelmente só saberei com o passar do tempo. Só vai ficar o que for real.
E não só em mim, mas nas outras pessoas também.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

pois é

Quando alguém faz tudo que dizia não fazer!
Quando alguém confirma tudo que não confirmava!

O que é essa pessoa? Ela sempre foi tão diferente do que eu pensava?
Agora nem conseguir me decepcionar ela consegue mais.
Chegou em um nível tão absurdo, mas tão absurdo que nem sei mais.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

O caminhar

Andei por ai...
pensei e vi...
vi e pensei.

Está chegando o dia da partida.
De deixar para trás tudo e todos.

O dia está chegando. Falta tão pouco que o frio na barriga já começa
O recomeço e tudo mais.

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais




e ai!

Tranquilidade absoluta!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Pró

E vamos que vamos...não com as mesmas idéias, mas sim, com outras. 
E vamos que vamos...não com o mesmo brilho, mas sim, com outros.
E vamos que vamos...não com as mesmas pessoas, mas sim, com outras

Essa é a mudança, essa é a dança!

E vamos que vamos!

domingo, 20 de novembro de 2011

A seta e o alvo

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Você se parece com todo mundo

Eu nem tinha a intenção de escrever nada hoje. Queria acumular algumas coisas para escrever principalmente sobre a viagem e as coisas que aconteceram lá e tudo mais que viesse na telha. Mas agora pouco estava procurando uma música aqui no computador e dei de cara com a pasta do Frejat.Veio bem na hora que eu precisava Em relação aos dois CD's solo do Frejat eu ouvi MUITO o primeiro " Amor para recomeçar", de 2002. Foi um época conturbada da vida e aquele trabalho fez muita diferença para mim. De todas as músicas do CD( não lembro de uma que eu não goste), uma particularmente chamou muito minha atenção e agora está fazendo muito sentido para mim. Ouvir a música acompanhando a letra e tentando imaginar as situações, relembrando e revivendo tudo. Essa música de fato é um grande tapa na minha cara. Então vamos ouvir a música e acompanhar a letra? Então:



Infelizmente a música não tem clip, então possui apenas esses slides com a música por ai, mas de qualquer forma vale a pena. Ouça a música acompanhando a letra que é:


Você Se Parece Com Todo MundoFrejat
Relógios e flores todo tipo de presenteEu te dei todas as coisas mas, eu te perdiVocê se parece com todo mundoEu investi demais sem por no seguro
Você empresta e cobra mais tarde com jurosVocê chora e fede como todo mundoVocê mente e esconde no seu cofre escuroMas vacila e entrega um mistério sujo
Você se parece com todo mundoEu te amei demais, eu sofri pra burroVocê se parece com todo mundoEu te amei demais, Eu fiquei maluco
Beijinhos e tapas todo tipo de carinhoTe mostrei vários amores mas eu te perdiAmeaças, trapaças, todo tipo de chantagemEu usei todos os truques mas eu esqueci
Que todo mundo ama, exagera tudoMas depois disfarça e foge pelos fundos
Você se parece com todo mundoEu sonhei demais eu fiquei malucoVocê se parece com todo mundoEu sonhei demais eu fiquei maluco
Eu fiquei maluco por você 
Caso sinta a necessidade, caso não tenha entendido bem, ouça novamente e leia novamente. Essa letra representa muito para mim agora. Estou evitando postar aqui um texto do Silvio e do Doutrinador que deixaria ainda mais claro o que eu quero dizer.
É isso, vou ouvir a música e ler a letra mais uma vez e depois eu vou por ai! 

Não importa

Não importa o que aconteça, quando e onde, elas simplesmente não se importam.
Não importa se você se preocupa e está ali junto, elas simplesmente não se importam.
Não importa se acontece alguma dificuldade ou não, elas simplesmente não se importam.

Elas simplesmente não se importam.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Então é isso que é recomeçar?

Agora, madrugada de sábado, sexta para sábado, aqui estou eu para escrever qualquer coisa.
Depois de sair de uma festa eu decidi então desviar um pouco do caminho de volta ao apartamento
Como estava sozinho pude ir pensando em muitas coisas, as primeiras que bateram em minha cabeça
foi o fato de estar longe de casa, andando de madrugada, em ruas desconhecidas de um cidade desconhecida de um estado desconhecido.

Primeiro que o meu olhar passa por tudo e todos. É estranho e ao mesmo tempo é maravilhoso olhar tudo e não reconhecer nada. Tudo no meu ser e no meu olhar é tão novo que não me despertam lembranças.


Quero dizer que talvez um pequeno passo para o recomeço tenha sido dado hoje, talvez pequeno, sim, eu reconheço. mas o reconhecimento é uma grande conquista. Pois quando você se percebe errando. Ou quando você percebe que necessita de mudanças. É um grande adianto na sua própria vida.É verdade, porém, pessoas que passam a vida inteira errando as mesmas coisas e não percebem.

As poucas horas que estou aqui me fizeram refletir muito sobre a vida, as pessoas e sobre as coisas que me rodeiam.  As poucas horas que passei aqui já foram suficientes para conhecer outras pessoas, para ter conversas, saber a história de vida, saber a visão daquela pessoa sobre o mundo. Pessoas que conheci no ônibus pedindo informação, pessoas que conheci atravé de outras pessoas, pessoas até que me abrigaram em sua casa sem nunca antes ter me visto.

Fiquei tentando me achar nas ruas perdidas.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Sobre a banda YUCK e a partida



Não me lembro como conheci a banda YUCK, mas gostei das músicas deles. Até onde eu sei a banda não é lá muito conhecida aqui você confere o "My Space" da banda e aqui o blog.

Minha música favorita é essa:


Não sei dizer se o clip é original da música ou não, inclusive tem o Nicolas Cage nele. Vale a pena conferir a música "Georgia" também.

Queria muito poder postar esses dias durante a vivência do que irá ocorrer, mas pelo visto não terei PC disponível para tal atividade. Vale torcer para que eu mantenha mais acessa possível a lembrança quando retornar. E poder grafar os ocorridos.
Fica aqui a vontade da mudança, a manutenção do sentimento e o desejo. Que me acompanhe as músicas do Yuck e de tantas outras. 

domingo, 6 de novembro de 2011

Sobre o The Walking Dead


A segunda temporada da série The Walking Dead começou e até o momento a qualidade da série se manteve intacta.
Quero ressaltar o que eu achei do primeiro capitulo( se você não o assistiu o faça antes de ler).

Clique aqui para continuar lendo



Não quero falar da primeira temporada por já foi há bastante tempo e fez com que muitos fãs ficassem em uma sedenta espera pela estréia da segunda temporada. Depois do tenso final do sexto episódio no qual quase culminou na morte de todos sem a culpa diretamente dos "errantes", "andarilhos" ou simplesmente "zumbis" a segunda temporada começa exatamente no mesmo ponto.

Não vou ficar falando muito do episódio( só um pouco) que qualquer um pode ir lá e ver e tirar suas próprias conclusões. Mas o que ficou bem claro para mim nesse primeiro momento são os conflitos internos que o grupo de sobreviventes começou a travar por incríveis problemas de convivência. Não dá para dimensionar o nível de stress que um apocalipse zumbi pode trazer, mas parece que mesmo na maior catástrofe que a humanidade pode testemunhar os humanos vão continuar com o jogo de intriga, inveja e poder.

O grupo que se formou e se manteve por terem em comum ainda estarem vivos encontrou logo no inicio uma estrada bloqueada por carros. Enquanto averiguavam o que poderia ser útil dentro dos carros, uma caravana de zumbis vagavam na mesma direção. Todos se esconderam como podiam e é claro que dar algum tiro ali seria fatal pois alarmaria todos os zumbis e alguém acabaria sendo morto.

O primeiro sinal de egoísmo e desespero foi quando Andrea foi encurralada dentro do trailler e um zumbi examinava tudo enquanto ela tentava montar sua pistola, quando ao deixar cair uma das peças o zumbi acha seu esconderijo e começa a forçar a porta. Não importa ali se ela se mataria( como ficou subentendido) ou se atiraria no zumbi, em todo caso aquele tiro provavelmente mataria boa parte do grupo a julgar pela quantidade de errantes que trafegavam com a caravana. Andrea quase pois a vida de todos em risco em troca de seu suicídio ou de alguns minutos a mais de vida.

Depois dessa parte a pequena Sophia foi encontrada pelos zumbis e fugiu para a mata, em um ato de solidariedade e coragem Rick parte para ajuda-la deixando seu esconderijo. Na mata ele coloca Sophia em um local seguro  e tenta matar os dois zumbis que a perseguiam, após o ataque ele retorna e ela não está no local que ele havia colocado. Começa então uma incessante busca pela menina Sophia.

Reparei nessa parte a ingratidão por parte da mãe de Sophia que ao invés de agradecer Rick por tê-la salvo, o culpou por tê-la abandonado. Rick passou a ter o conflito se fez ou não o melhor ao deixa-la sozinha para matar os zumbis. Shane não teve dúvidas que Rick fez o melhor.

A busca por uma vida coloca em risco todo o grupo, mas todos ainda decidiam procurá-la enquanto Shane já está se preparando para deixar o grupo fugir sozinho por causa do seu amor pela esposa do Rick e toda a culpa que sente pelos ocorridos da primeira temporada. Andrea também decide deixar o grupo e praticamente já se sente morta, poir depois da morte da irmã o suicídio para algo inevitável para ela.

 O velho Dale para controlar a vontade do grupo mentiu sobre o conserto do carro para retardar a saída do grupo da estrada e manter acessa a chance de encontrar a menina viva. Uma decisão bonita mas de certa forma egoísta pois ele ousou a decidir sobre o destino de todas as vidas para possivelmente salvar uma . Fica ai o poder de decisão individual, se vale a pena ou não arriscar a vida de quem está seguro para talvez salvar alguém que nem ao menos se sabe se está viva.

No final acontece uma tragédia logo com a outra criança do grupo. O que já se pode pensar e pesar se realmente valeu a pena aquela busca, pois agora ao invés de uma possível criança morta poderemos ter, então, duas.

Parece então que teremos conflitos e conflitos além de apenas morte de zumbis. Parece que os desejos e o egoísmo e a ingratidão começará a dar às caras. Parece que existe essa parte ainda viva na mente da humanidade mesmo após uma catástrofe que já mudou toda a sociedade.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

São riscos

Me arrisco no seu risco.

Frases soltas

Frases soltas...mas me diga você : quais deveriam estar juntas?

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Qual é a missão?

Qual é a missão? O que eu vou deixar na mente das pessoas?